Atleta sofreu um acidente de trânsito na última segunda-feira (11) e teve traumatismo craniano


O ex-jogador colombiano Freddy Rincón morreu, aos 55 anos, no fim da noite dessa quarta-feira (13), em Cali. Ele sofreu um traumatismo craniano, chegou a ser operado, mas não resistiu. O óbito foi confirmado pela Clínica Imbanaco, onde ele estava internado após sofrer um acidente de carro.

Horas antes de confirmar a morte do atleta, a unidade de saúde já havia dito em nota que o quadro clínico dele era “crítico” e sem evolução “favorável”.

Rincón estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a madrugada da última segunda-feira (11), quando o veículo que dirigia bateu em um ônibus do transporte público de Cali.


Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia nasceu na cidade de Buenaventura, Colômbia, em 14 de agosto de 1966.

Durante a década de 1990, Rincón jogou pelo Real Madrid, Napoli e pelo Palmeiras e Corinthians. Ele também vestiu a camisa da seleção colombiana em três Copas do Mundo (1990, 1994 e 1998).

No Brasil, ele foi meia do Palmeiras, onde viveu a primeira experiência fora do nascimento, em 1994, e do Corinthians, em 1997.

Nossa página no Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_news/

Nossa Página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg

Nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/