Inconformados com a demora na restauração do trecho da CE-366 de acesso a Itatira os moradores resolveram realizar um protesto e interditaram a rodovia.

Moradores de Itatira, no Sertão Central, perderam a paciência com a falta de manutenção em um trecho da CE-366, de acesso à sede do Município. Na manhã desta sexta-feira (22) um grupo resolveu interditar o tráfego na rodovia estadual até a garantia do Governo do Estado, de recuperar a pavimentação asfáltica o mais rápido possível. As chuvas começaram a cair na região e com elas os buracos e os problemas vão aumentar.

Os manifestantes se concentraram nas proximidades da ponte da localidade de São Joaquim, na entrada do distrito de Lagoa do Mato. De acordo com um dos líderes da manifestação, Dhasio Macedo Dias, os moradores estão cansados de promessas. Querem o início imediato das obras. O protesto é pacífico, mas apenas os veículos de emergência e viaturas da polícia e do corpo de bombeiros têm trânsito livre.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) seguiu para o local. De acordo com manifestantes os policiais rodoviários informaram que estavam apenas organizando o tráfego, para evitar acidentes e riscos para quem se encontrava no local da barricada, realizada com galhos de árvores. Automóveis também foram utilizados para bloquear a CE. Uma tenda foi montada na margem da rodovia. A população pretende realizar vigília no local.

Com o início das chuvas o número de buracos na CE-366. Até a BR-020, também esburacada, são mais de 50 km. Quem pretendia seguir pela CE-366 foi obrigado a interromper a viagem. Alguns preferiram aguardar. Outros, retornaram.

Com informações Diário Sertão Central

Curta nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/