Uma mensagem sobre a suposta presença de um casal que estaria assaltando residências no bairro do Matadouro que está circulando em grupos de WhatsApp e outras mídias sociais no município. Com tom alarmante, o texto informa que duas pessoas, um homem e uma mulher, com uma pasta dizendo que veio tira amostra de água para teste, com isso os mesmo conseguiram acesso às casas das vítimas.

Porém, uma rápida pesquisa no Google mostra que a mensagem, exatamente com o mesmo teor, já vem sendo compartilhada há muito tempo em muitas outras localidades. Já em setembro do ano passado o tal aviso foi classificado como falso por um site especializado em constatação de boatos virtuais.

Não é rara a distribuição de ‘correntes’ – como são conhecidas as mensagens distribuídas em massa por aplicativos de celular e nas redes sociais, sempre alertando para situações que geram medo e, assim, motivam o encaminhamento dos textos como formas de avisos aos amigos e familiares. Daí, é sempre bom utilizar o Google para pesquisar se o assunto realmente faz menção a fatos ou não passa de boataria.