Um dia antes, apenas uma denúncia havia sido registrada pelo Procon. O preço da gasolina passou por aumento após anúncio de reajuste feito pela Petrobras.


A quantidade de informações e denúncias sobre preços abusivos em postos de combustível de Fortaleza teve um crescimento expressivo em 24 horas, saltando de uma para 53 entre quinta-feira (10) e esta sexta-feira (11), de acordo com o Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza).

As reclamações acontecem após a Petrobras anunciar que a partir de sexta (11) o preço da gasolina ficaria 18,8% mais caro; e o do diesel, 24,9% de reajuste. O g1 entrou em contato com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos-CE) sobre o trabalho de acompanhamento contra a prática dos preços abusivos, e aguarda resposta.

Segundo o Procon Fortaleza, postos e distribuidores de combustíveis não podem se aproveitar da alta procura pelo produto para elevar preços.

Nesta sexta, Fortaleza teve o segundo dia de corrida aos postos de combustíveis para aproveitar os preços estabelecimentos que ainda vendiam o produto por preços considerados baixos. Pela manhã, os estabelecimentos que ainda vendem o produto entre R$ 6 e R$ 7 têm longas filas de veículos.

Há postos em Fortaleza, contudo, que já anunciam a gasolina comum por R$ 7,999 o litro, em bairros como Itaperi e Aldeota. A estimativa é que o litro da gasolina chegue a R$ 9 nos próximos dias.

A Diretora do Procon Fortaleza, Eneylândia Rabelo, informou que está analisando todas as denúncias e colhendo provas sobre o aumento abusivo de preços. Ela também alerta que o Procon vai apurar se o aumento foi realizado antes mesmo da aquisição de um novo combustível com preço mais caro.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, elevar preços sem justa causa é prática abusiva e pode resultar em multa de até R$ 15 milhões.

Nossa página no Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_news/

Nossa Página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg

Nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/