Ministério irá distribuir cerca de 80 milhões de doses para vacinar público-alvo


Ainda trabalhando no avanço da vacinação contra a Covid-19, nesta terça-feira, 15, o Ministério da Saúde anunciou uma nova campanha nacional de imunização contra a gripe, com início no dia 4 de abril e previsão para conclusão no dia 3 de junho. Serão 80 milhões de doses da vacina contra a Influenza distribuídas para todo o Brasil, e a pasta prevê cerca de 76,5 milhões de pessoas nos grupos considerados prioritários.

A campanha, que terá duas etapas, visa a prevenção do aparecimento de complicações decorrentes da doença, como óbitos e superlotação nos serviços de saúde. A vacinação contra a gripe é uma estratégia do Governo Federal para minimizar a carga do vírus, reduzindo os sintomas, que também podem ser confundidos com os do novo coronavírus.

Utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina Influenza trivalente é produzida pelo Instituto Butantan. Sua formulação é constantemente atualizada para que a dose seja efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus. A eficácia da vacina funcionará contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. O Dia D da mobilização nacional está previsto para o dia 30 de abril.

Primeira etapa – entre os dias 04/04 e 02/05
• idosos com 60 anos ou mais;• trabalhadores da saúde;
Segunda etapa – entre os dias 03/05 e 03/06
• Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias);• Gestantes e puérperas;• Povos indígenas;• Professores;• Comorbidades;• Pessoas com deficiência permanente;• Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas;• Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;• Trabalhadores portuários;• Funcionários do sistema prisional;• Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;• População privada de liberdade.

Vacinação para crianças
Para crianças de seis meses a menores de cinco anos que já receberam, pelo menos, uma dose da vacina Influenza ao longo da vida em anos anteriores, deve se considerar o esquema vacinal com somente uma dose em 2022. Já para as crianças que receberão o imunizante pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda dose da vacina contra a gripe para 30 dias após a primeira dose.
Além disso, o Ministério da Saúde reforça a importância da vacinação contra o sarampo para que sejam evitados surtos da doença. Este ano, a campanha de vacinação será focada em crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade e trabalhadores da saúde.

Nossa página no Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_news/

Nossa Página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg

Nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/